Este é mais um artigo referente a contabilidade básica, o DRE é um dos relatórios gerenciais mais utilizados para avaliar a saúde financeira da empresa. Neste post demonstraremos como ler e interpretar este relatório, bem como utilizá -lo para as principais tomadas de decisões do seu negócio. Confira abaixo!

O que é DRE? Para que serve?

DRE é a sigla para Demonstração do Resultado do Exercício, é o relatório gerencial que evidencia através do confronto das Receitas, Despesas e Custos, se a empresa terá Lucro ou Prejuízo em um determinado período. Além de auxiliar os Stakeholders a analisar a empresa financeiramente, o relatório é essencial para apuração de impostos caso a empresa esteja enquadrada nos regimes tributários: Lucro Presumido e Lucro Real.

A DRE é um relatório gerencial obrigatório para todas as empresas com excessão do MEI e deve ser emitido em decorrência de uma análise e escrituração realizada por um contador, devidamente credenciado junto ao CRC.

Como é a estrutura de uma DRE?

Para ficar mais claro, segue um exemplo de DRE:

Contabilidade Básica: O que é DRE? Como este relatório pode ajudar o seu empreendimento? 1 DRE

E o que significa os termos que aparecem na DRE?

Para entendimento, descreveremos o que cada termo significa:

Receita Bruta de Vendas ou Serviços: São os valores obtidos pela empresa através das atividades realizadas (Vendas de produtos, prestação de serviços entre outros).

Impostos: A linha impostos refere-se aos valores tributários deduzidos diretamente da Receita Bruta como ISS (Imposto sobre Seviços) e ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Devoluções ou Serviços Cancelados: Refere-se aos valores deduzidos das Receitas em decorrência das devoluções de mercadorias e serviços cancelados.

Receita Operacional Liquida: Refere-se ao valor das Receitas subtraídos dos impostos como ISS, ICMS e devoluções ou serviços cancelados.

Despesas de Vendas ou Serviços: Refere-se as despesas necessárias para desenvolvimento da atividade, no caso da venda de produtos, poderíamos citar compra de produtos para revenda e no caso da prestação de serviços, poderíamos citar compra de materias.

Lucro Bruto: Refere-se ao valor das Receitas subtraídos dos impostos (ICMS, ISS), abatimentos, devoluções, cancelamentos de serviços, despesas de vendas ou serviços.

Despesas de Vendas ou Serviços: Novamente refere-se a despesas essenciais para realização das atividades: folha de pagamento, conta de água, conta de luz, entre outras.

Lucro Liquido antes do IRPJ e CSLL: Este é o Lucro sobre o qual será aplicado as alíquotas dos impostos trimestrais: IRPJ e CSLL.

Resultado do Exercício: Refere-se ao valor liquído do exercício, que poderá ser reinvestido na empresa ou distribuído entre os sócios.

Mas e os custos?

Sim, a DRE como foi dito inicialmente, é o relatório que evidenciará as Receitas – Despesas – Custos, a DRE utilizada acima é bastante simplificada apenas para que iniciantes entendam o conceito, mas quanto maior a necessidade de análise, mais detalhada será a DRE. O importante é respeitar as diretrizes descritas em Lei para montar a estrutura do relatório e sempre contar com um contador para emitir e assinar, este, e tantos outros relatórios obrigatórios.

Fonte: Portal de contabilidade: DRE – Demonstração do Resultado do Exercício.

Contabilidade Básica: O que é DRE? Como este relatório pode ajudar o seu empreendimento? 2 DRE

Contabilidade Online descomplicada e econômica para a sua empresa

a partir de

R$ 99,00/mês

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons

Atribuição-Compartilha Igual 4.0 Internacional

Todo conteúdo do Blog do Meu Contador Online está disponibilizado com base na licença Creative Commons, que dá o direito de compartilhamento integral e parcial, desde que seja citada a fonte inclusive se compartilhado a partir de um compartilhamento.

Se um site compartilhar nosso conteúdo, deverá inserir o link que leva ao original em nosso blog, e caso um terceiro compartilhe a partir desse site que está compartilhando, deverá indicar nosso blog como sendo a fonte original, inserindo nosso link como referência.

Você não está proibido de usar nosso conteúdo em seu site, blog ou trabalho acadêmico, pelo contrário, desde que coloque o link que aponta para o artigo original em nosso blog concedendo aos nossos editores os créditos pelo trabalho de criação que fizeram. Obrigado.