Para empreendedores que buscam entendem a sua empresa integralmente, desenvolvemos uma série de artigos explicando conceitos básicos da contabilidade. Esta semana explicaremos o que é ativo, passivo, patrimônio líquido e descreveremos o que compõe essas contas patrimoniais. Confira Abaixo:

 

O que são ativos, passivos e patrimônio líquido?

Contabilidade básica? Ativo, Passivo e Patrimônio Liquido 1 contabilidade básica

 

Os ativos na economia, são a representação de bens e diretos de uma instituição. Podemos citar exemplos como: saldo bancário, saldo no caixa, estoque, imóveis, automóveis, marcas e patentes, softwares e duplicatas a receber.

Os passivos na economia são a representação das obrigações de uma instituição. Os exemplos que podemos citar são: Impostos a recolher, salários a pagar, fornecedores a pagar, enfim, são as obrigações que uma empresa tem para com terceiros.

O Patrimônio Líquido na economia é a resultante entre : ativo – passivo = patrimônio líquido. Representa a riqueza líquida de uma empresa, ou seja, subtraída das obrigações, além disso, é esta conta que demonstra os recursos que os sócios ou acionistas tem investido na instituição. Exemplos que podemos citar são: capital Social, reservas de lucros, ações em tesouraria e prejuízos acumulados.

Podemos ver a composição das contas patrimoniais ( ativo e passivo) através do balanço patrimonial e para saber se a escrituração está correta você deve comprovar que ambos os lados estejam em perfeito equilíbrio:

Contabilidade básica? Ativo, Passivo e Patrimônio Liquido 2 contabilidade básica

 

No artigo: Contabilidade básica: método das partidas dobradas: Débito e Crédito, explicamos detalhadamente este conceito, orientamos que leia, mas para entendimento: contas do ativo tem natureza devedora ou seja, devem estar a débito e contas do passivo tem natureza credora, portanto devem estar a crédito e seguindo o método das partidas dobradas: “Tudo o que estiver a débito, deve haver um lançamento correspondente a crédito” concluímos que o ativo e o passivo devem resultar no mesmo valor, Mas, sempre o saldo no ativo deve estar a débito e o saldo no passivo a crédito.

A estrutura do balanço patrimonial determina que os ativos e passivos estejam ordenados e classificados de forma específica. Confira abaixo:

 

Os ativos dividem-se em circulantes e não circulantes:

 

Ativo circulante: O ativo circulante é composto por sub contas cujos saldos serão realizáveis dentro do exercício social de uma determinada empresa. Tudo que tiver a tendência a se tornar dinheiro com maior facilidade durante o exercício social ( caixa, banco, duplicatas a receber), devem estar dispostas no ativo circulante.

Ativo não circulante: O ativo não circulante é composto por bens e direitos que não serão realizáveis dentro do exercício social, os ativos circulantes possuem subgrupos dividem-se em:

  • Ativo Realizável a Longo Prazo
  • Investimentos
  • Imobilizado
  • Intangível

Vamos às definições…

Ativo realizável a longo prazo: São bens e diretos da empresa que serão realizáveis a longo prazo (após o término do exercício social seguinte). Exemplo: Venda a prazo de mercadorias para um cliente X cujo valor da venda foi R$15.000,00 parcelados em 15 vezes, parte dessas parcelas a receber serão classificadas no ativo realizável a longo prazo.

Investimentos: Devem ser classificadas as participações societárias, com a intenção de mantê-las permanentes, ou seja fonte permanente de renda. Podemos citar alguns exemplos que seriam: Propriedades para Investimento (terrenos e/ou imóveis mantidos para valorização do investimento e/ou aluguel), Investimentos em outras empresas (participações societárias), obras de arte e outros investimentos.

Imobilizados: São bens físicos necessários para que a empresa desenvolva suas atividades, e que não serão comercializados a priore : Imóveis, automóveis, móveis e utensílios, máquinas e equipamentos.

Intangíveis: São bens e direitos que não são tangíveis, ou seja não é um bem físico, não pode ser tocado. Bons exemplos de bens intangíveis são: marcas e patentes, software e direitos autorais.

 

O passivo por outro lado não tem tantas divisões:

 

O passivo está ordenado de forma decrescente de acordo com a exigibilidade, ou seja, as obrigações são classificadas através do seu vencimento, o que vence primeiro está no topo das obrigações no balanço patrimonial. O passivo divide-se em passivo circulante e não circulante,entretanto o passivo não circulante não tem subgrupos.

Passivo circulante: Este grupo classifica obrigações que serão cumpridas dentro do exercício social, ou seja, fornecedores a pagar, salários a pagar, energia elétrica a pagar e impostos a recolher.

Passivo não circulante: Este grupo classifica obrigações que serão cumpridas após o exercício social, ou seja, financiamentos a longo prazo, fornecedores a longo prazo entre outras.

 

Fonte: Livro: Contabilidade Básica :  José Marion

Contabilidade básica? Ativo, Passivo e Patrimônio Liquido 3 contabilidade básica

Contabilidade Online descomplicada e econômica para a sua empresa

a partir de

R$ 99,00/mês